segunda-feira, janeiro 26, 2009

Blog Joint - Ensino Superior... com Qualidade Superior


Crise anunciada no Ensino dito Superior plantado no chão das Ilhas.

Nem oito… nem oitenta! – A verdade é que serem os estudantes obrigados a sair do país para poderem continuar os seus estudos superiores noutro país qualquer, como foi norma nos primeiros anos da independência e até há poucos anos trás… é no mínimo castrador em diversos aspectos. Desde o ‘cortar’ com a família, com a cultura, com os amigos, com o estilo de vida, e sobretudo a obrigação de aprender e estudar em língua estrangeira… sem esquecer o reduzir drástico das possibilidades de ter essa faculdade – o acesso.

Mas referimo-nos a isso (nem oito… nem oitenta!) pelo facto de sentirmos, nos últimos anos, a sensação de que, agora, a preocupação maior é a proliferação de cursos superiores, relegando para segundo plano esse outro aspecto, também ele fundamental: a qualidade desse ensino.
Ficamos com a sensação de que, agora, o que interessa é criar, criar, criar… e não pesquisar, organizar, reunir as condições para ministrar cursos superiores de superior qualidade.
Cursos superiores que, não obstante as nossas pretensões, de superior só têm quantidade… quando é de se exigir que esses cursos superiores o sejam pela qualidade.
É caso para dizer: Qualidade superior para o nosso Ensino Superior, procura-se... almeja-se… e que se deve trabalhar nesse sentido. Mas infelizmente os sinais que saem e a prática não vão nesse sentido.

“A proibição (Constitucional) de o Estado programar a educação e o ensino segundo quaisquer directrizes filosóficas, estéticas, políticas, ideológicas ou religiosas” não deve afugentar o Estado de programar, de pensar, de organizar… e em relação ao privado, de fiscalizar e de exigir um nível mínimo.

É caso para pedir que se encare, à imagem do que se passa noutros países, a possibilidade de criar um Instituto de Investigação de Políticas do Ensino Superior para podermos voltar a acreditar na qualidade – amanhã, pelo menos! – do nosso ensino superior, privado e público. Com a missão de juntar mentes formadas e esclarecidas, para além do necessário ‘know how’, e desempenharem as actividades necessárias primárias para a instauração/instalação paulatina, programada do nosso Ensino Superior.
E esse Instituto teria o objectivo permanente de ajudar a aprofundar a investigação, de forma a fazer nascer, e com o tempo, fazer avançar o pensamento crítico cabo-verdiano… ao mesmo tempo que promoveria um entendimento informado sobre as questões vitais das políticas de ensino superior a nível nacional.

O Instituto seria a pedra angular do Ensino Superior no país, coordenando, sempre através da interacção com os mais variados agentes do sector, os projectos de investigação que desaguariam nas linhas mestras para o desenvolvimento desse objectivo. Projectos e Ideias que abordam todos os tipos de questões relacionadas com as políticas do ensino superior, e que também devem reflectir a grande diversidade das formações académicas possíveis para estas Ilhas.

Promover um debate sobre as questões-chave das políticas do ensino superior.
Estudo e apresentação de propostas que ajudem o Estado a cumprir com a obrigação (Constitucional: acessível a todos) de facilitar o acesso, pela equidade, pelo menor custo.
Análise aprofundada dos Currículos e da necessidade de banalizar a ideia da eficácia duma avaliação constante… sem esquecer a sistematização das equivalências.
Apoiar o avanço do conhecimento sobre as políticas do ensino superior.

Nem oito… nem oitenta! Porque não queremos que situações como a que aconteceu com a primeira ‘fornalha’ de arquitectos formados no país, se torne corriqueiro e normal. Porque nunca será normal que num país pobre como o nosso, cheguemos ao ridículo de investir, gastar tempo e dinheiro… com brincadeiras. Felizmente, os sinais da UniCV parecem ser noutro sentido.

BLOG JOINT PROJECT

· Bianda - http://bianda.blogspot.com/

· Ku frontalidadi - http://kufrontalidade.blogspot.com/

· Cafe Margoso - http://cafemargoso.blogspot.com/

· geração20j73 - http://geracao20j73.blogspot.com/

· Blog di Nhu Naxu - http://alibemtempu.blogspot.com/

· Tempo de lobos - http://tempodelobos.blogspot.com/

· Passageiro em Transito - http://passageiroemtransito.blogspot.com/

10 comentários:

geracao20j73.blogspot.com disse...

A orientação das politicas educacionais por uma Instituição é uma boa ideia e ao princípio é não algo impossível de se implementar em Cabo Verde.

José Eduardo Fonseca Soares disse...

Quem diz um Instituto... também pode preferir um Núcleo, Centro... desde que tenha esse objectivo que acho imprescindível para 'saber-mos' os caminhos para uma boa qualidade do nosso ES.

João Branco disse...

Fonseca. Palavra chave totalmente ausente em relação a este assunto: REGULAÇÃO!

José Eduardo Fonseca Soares disse...

JB, também eu acho que é uma palavra chave para a contínua saúde do sector. E quanto a mim, é papel-chave do tal Centro ou Instituto...
Abraço

Caboverdiano disse...

Um post pertinente.É por esta e por outras que me orgulho da nossa MADE IN CV. Tcha, ess post te "on point."
BUll's EYE!!!!

Quel brassa, hahaahaha.

PS- Obrigado pela mensagem no blog. Significa muito, acredita!

Amílcar Tavares disse...

Olá.

Gostei da ideia de criar um instituto unicamente dedicado à investigação de políticas do ensino superior.

Venho juntar à ideia algumas sugestões. Que:

- ele esteja englobado num departamento de ciências da educação;

- leve em conta as saídas profissionais estando em sintonia com o perfil económico do país;

- venha assessorar o Ministério da Educação na definição de políticas.

José Eduardo Fonseca Soares disse...

Nem mais, Amilcar Tavares! A investigação... com o objectivo de começarmos a ter um 'pensamento caboverdiano' nas mais diversas disciplinas... enquanto a qualidade do nosso ES estará mais do que garantida.
Abraço

um espaço-tempo disse...

Caro, visitei o blog Teatrakacia e achei o conteúdo bem interessante.
Trabalho numa empresa ligada a educação e gostaria de enviar um material para que conheça o trabalho da mesma.
Você poderia me enviar um email de contato?
Muito obrigada,
Karla

educaedu disse...

olá, gostaria do emaild o contato do blog para enviar uma sugestão de pauta.
obrigada!

Fonseca Soares disse...

Karla e educaedu... obrigado pelo comentário, e aí vai o e-mail de contacto: tcha72@gmail.com