terça-feira, abril 15, 2008

Festival de Teatro lusófono no Rio de Janeiro



Teatro - chega-nos esta informação, através da Lusa.

Com a devida vénia, repomos aqui no nosso espaço:
Festival vai reunir 10 grupos de países lusófonos em Junho no Rio de Janeiro
Um festival lusófono de teatro vai reunir 10 grupos de Angola, Brasil, Cabo Verde, Moçambique e Portugal em Junho, no Rio de Janeiro, anunciou hoje a organizadora do evento. Tânia Pires disse à agência Lusa que o festival, inicialmente planeado para São Paulo, foi transferido para o Rio de Janeiro como parte das comemorações dos 200 anos da chegada da família real portuguesa. O Festival de Teatro da Língua Portuguesa (Festlip) reunirá, de 04 a 15 de Junho, apresentações de 10 companhias, duas de cada país lusófono, com a eleição pelo público do grupo revelação. A escolha das companhias participantes está a ser feita pelas autoridades culturais de cada país, segundo Tânia Pires. Paralelamente à programação teatral, o Festlip promoverá oficinas de teatro, palestras, exposições, mostra gastronómica e uma programação musical ao ar livre. "O nosso objectivo é celebrar a riqueza e a diversidade teatral dos países lusófonos através do teatro, arte mais primitiva da expressão cultural", salientou Tânia Pires. A 05 de Junho, será aberta a exposição "O teatro no Brasil e a chegada da família real", mostra que retrata a transformação das artes cénicas a partir da presença da corte portuguesa no Brasil, em 1808. Oficinas com directores brasileiros de renome, como Moacyr Góes, Sérgio Ferrara e Gilberto Gawronski, serão realizadas para actores participantes, espectadores e estudantes de teatro. Os participantes das oficinas vão realizar uma leitura dramatizada de dois textos vencedores do "Prémio Luso-brasileiro de dramaturgia Antônio José da Silva", de 2007 e 2008. As palestras serão realizadas pelo dramaturgo e jornalista brasileiro Alcyone Araújo e pela escritora e jornalista moçambicana Rosa Langa. O festival inclui ainda uma mostra gastronómica, num restaurante do Rio de Janeiro, onde serão apresentados dois cardápios (com entrada, prato principal e sobremesa) de cada país participante. A programação musical decorrerá num palco montado ao ar livre no bairro da Lapa, região boémia da cidade, com músicos dos diferentes estilos lusófonos. O Festlip tem o apoio de embaixadas dos países participantes, do Ministério da Cultura do Brasil, do Instituto Camões e da Comunidade dos Países da Língua Portuguesa (CPLP). O custo total do evento será de cerca de 1,4 milhões de reais (522 mil euros), a ser pago por empresas brasileiras e portuguesas, no quadro das leis de apoio ao mecenato.

Sabemos já que CV será representado pelo Grupo de Teatro do Centro Cultural Português -IC de Mindelo, com a peça 'O doido e a morte', e pelo Grupo de Dança Raiz di Polon.


MAN
Elementos do Grupo CCP na sua última presença no Rio de Janeiro, com 'Mar Alto'
O doido e a morte

2 comentários:

Transplante de Cabelo disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Transplante de Cabelo, I hope you enjoy. The address is http://transplante-de-cabelo.blogspot.com. A hug.

Teatrakacia disse...

You welcome. Keep in touch