quarta-feira, fevereiro 17, 2010

Estúdios de Abbey Road vão à praça

Há coisas que, pelo simples facto de ‘terem sido’ algo especial, ou apenas por estarem ligados a algo muito especial… se tornam em si bem especiais, pela ‘estória’ que representam ou pelo papel que tiveram na história de algo muito marcante: é o caso da Londrina Estúdios de Abbey Road, dos famosos a nível mundial, Beatles. Durante sete anos, foram uma espécie de ‘lugar sagrado’ para o fabrico de ‘preciosidades’ que o mundo inteiro haveria de adoptar e adorar… com toda a ‘simbologia’ duma banda conjunturalmente reconhecida como a melhor do mundo. Naturalmente tornaram-se nos estúdios mais famosos da história da discografia mundial.

E agora chega-nos a notícia – através do jornal Financial Times - de que a Abbey Road está à venda.

“As instalações dos míticos estúdios de Abbey Road, em Londres, onde os Beatles gravaram grande parte dos seus álbuns, estão para venda. A notícia foi avançada ontem pelo Financial Times, que assegura que a editora EMI, proprietária do espaço, quer desfazer-se dele para pagar as dívidas (a quantia amealhada com a venda poderá ultrapassar os 10 milhões de libras).
Reagindo à notícia, Paul McCartney disse ontem à BBC que está a ser pensada uma solução e que os estúdios ainda podem ser salvos. "Algumas pessoas que estiveram associadas ao estúdio durante muito tempo falaram sobre fazer uma proposta para salvá-lo. Apoio-os. Espero que consigam fazer alguma coisa, seria fantástico. Guardo tantas memórias com os Beatles naquele espaço".
O músico acrescentou: "Ainda é um grande estúdio, portanto seria fantástico se as pessoas pudessem pensar em conjunto para salvá-lo". Recorde-se que 90% dos álbuns dos Beatles foram gravados em Abbey Road e que a banda deu o nome dos estúdios ao álbum editado em 1969, cuja capa é uma das imagens mais icónicas dos fab four.
Apesar de hoje enfrentar concorrência cerrada de estúdios mais baratos noutros países, o espaço de Abbey Road continua a ser um dos poucos espaços de gravação capazes de acomodar uma orquestra inteira (foram gravadas lá as bandas-sonoras de filmes como O Senhor dos Anéis ou Harry Potter ).
Os Estúdios de Abbey Road começaram a funcionar no início dos anos 30 e além dos Beatles, foram gravados naquele espaço álbuns míticos dos Pink Floyd ( Dark Side of the Moon ), Cliff Richard, Blur, Radiohead, Duran Duran, Manic Street Preachers ou Oasis.”

Paul McCartney já veio a público dizer que ainda há uma possibilidade de salvar o espaço. Esperemos que sim… embora seja um pouco como o nosso Eden.Park, exigindo a conjugação de muitos esforços…

Em 1929 a EMI comprou a casa com o número 3 de Abbey Road por 100.000 libras (o que hoje em dia equivaleria a 114.700 euros) e transformou-a nuns estúdios de gravação de renome mundial. Agora, a venda serviria para se redimir de um negócio bastante acidentado que em 2007 fez com a empresa de fundos de investimento Terra Firma.

Paul McCartney, John Lennon, Ringo Starr e George Harrison colocaram Abbey Road na história, ao utilizar esses estúdios para 90 por cento das gravações que os Beatles fizeram de 1962 a 1969; e ao dar o nome desta rua ligada à sua própria história ao último álbum que gravaram juntos.

Só pela simbologia de tempos áureos, com os Beatles, mas também com os Pink Floyd e essa pérola ‘Dark side of the moon’ e, mais recentemente com os Radiohead e os Blur… já lá estarão milhões de libras esterlinas a rolarem
Vou passar os próximos minutos a ouvir, pela enésima vez, Abbey Road dos Beatles. Sobretudo depois dos ‘ouvidos trocados’ com a muita batucada deste Carnaval Mindelense que, mais uma vez, marcou a nível local.

                                                                                     A capa de um disco de sempre!

5 comentários:

Caboverdiano disse...

Manera Tcha. Ess vida? Tud dret! Studio legendario!Bom post, broda.
Forssa la ne traboi.

Quel Brassa!

Fonseca Soares disse...

Kel brasa broda. Y um ta estod sempre ta kumpanhá caboverdiano, forsa!

zito azevedo disse...

Vários anos atrás, quando vivia entre Lisboa e Londres, muitas vezes deambulei pela rua, olhando nostalgicamente para as paredes exteriores de um local mítico, ligado a tanta musica de tanta quantidade...Mais um "fast food"?

Fonseca Soares disse...

Zito Azevedo... "Deus livre! mais um 'fast food'. O Paul ainda acredita, pelo que também eu acredito que se possa 'salvar' esse mítico estúdio. Assim como acredito, ainda, numa sala de cinema no Eden-Park.
Abraço

オテモヤン disse...

オナニー
逆援助
SEX
フェラチオ
ソープ
逆援助
出張ホスト
手コキ
おっぱい
フェラチオ
中出し
セックス
デリヘル
包茎
逆援
性欲